sábado, 24 de setembro de 2016

Hibike! Euphonium e a vontade de se tornar melhor por Gabriel Costa


Olá pessoas, aqui quem fala é o Gabriel novamente, dessa vez trazendo um anime como recomendação.

Resultado de imagem para Hibike Euphonium posterFicha técnica:
Nome: Hibike! Euphonium
Estúdio: Kyoto Animation
Lançamento: 7 de abril de 2015 a 30 de junho de 2015
N° de episódios: 13

O anime acompanha Kumiko Oumae que acaba de entrar na escola Kitauji. Ela decide engajar na orquestra da escola que não é muito forte em competições, mas isso promete mudar com a entrada do novo professor responsável.



Resultado de imagem para hibike euphonium taki sensei
(Professor orientador Noboru Taki)

Interessante ressaltar que a primeira coisa que Taki faz ao encontrar a orquestra é indagá-los sobre seu suposto objetivo de entrar no campeonato nacional no ano anterior, objetivo esse que não foi realizado, logo após isso tem uma pequena cena de uma garota falando “nós ate tentamos”, frase muito usada por aqueles que se esforçaram pouco por um objetivo e no final usam isso como desculpa para se conformar com seu fracasso. Em seguida ele os pergunta sobre como irão proceder naquele ano, se irão tentar ir ao nacional ou querem apenas criar boas memórias, ou seja, denotando que o primeiro passo para se tornar melhor em algo é querer se tornar melhor, não adianta fazer algo quando alguém esta lhe obrigando ou porquê é o que esperam que você faça, se a escolha não partir do indivíduo apenas a insatisfação lhe resta. A orquestra decide, por meio de votação, tentar competir no nacional, alguns porque realmente o querem e outros por vergonha de admitir que não queriam nada sério.

Mais na frente no anime há uma estudante do terceiro ano, a única pessoa que votou contra tentar ir ao campeonato, que decidiu desistir do clube para voltar sua atenção para o vestibular. Não dizendo que o que ela fez esta errado, é válido você abrir mão de um robi para se dedicar aos estudos, mas há objetivos que exigem dedicação. O lema do anime Fullmetal Alchemist é “para conseguir algo temos que dar outra coisa de mesmo valor” e o que tem mais valor para o ser humano que o tempo? E é isso que certos objetivos requerem nosso tempo e só aqueles dispostos a dá-lo são recompensados.

Outro momento interessante no anime seria quando o professor Taki decide fazer audições para saber quem faria parte do time principal, invés de dar prioridade aos veteranos como era a tradição da orquestra. Pois bem, a Kousaka, aluna do 1° ano acaba ganhando da Kaori, aluna do 3° ano e ganhando o direito a um solo na apresentação. Por Taki já conhecer Kousaka, pois suas famílias eram amigas, ele é fortemente criticado e se vê obrigado a fazer uma nova audição para o solo dessa vez na frente de todos. É bom ressaltar que todas as duas se dedicam bastante ate o momento da audição, porém Kousaka vence Kaori novamente, o que me fez pensar, e quando nos dedicamos e mesmo assim não conseguimos alcançar o nosso objetivo? Claro, a primeira coisa que sentimos é a frustração, junto da sensação de que aquele tempo que passamos nos preparando foi inútil, é totalmente aceitável que fiquemos nesse estado, já que ninguém é de ferro. Mas o que difere as pessoas é o que se faz depois disso. Alguns escolhem se afogar em suas mágoas e desistem, porém outros decidem usar tamanha frustração como um combustível e pensam “não quero sentir isso novamente, preciso vencer na próxima”. Claro que a grande maioria de nós sofrerá mais que uma derrota na vida, mas o que difere as pessoas é o que se faz com a frustração da derrota.


Por fim, Hibike! Euphonium é um anime gostoso de ver, com vários personagens prontos para nos ensinar alguma coisa, para encerrar gostaria de citar uma frase que gosto bastante, ”faça o que poucos fazem e tenha o que poucos tem.” 

--
Gostou do post? Deixa sua opinião nos comentários, pois ela é muito importante. Não esquece de deixar o link do seu blog/canal se tiver, e de acompanhar e seguir o blog nas redes sociais.

blog facebook circle, outline, youtube icon twitter instagram  skoob 

Nenhum comentário:

Postar um comentário