quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Eu Assisti: Doctor Who e os Daleks

Como vocês bem sabem, aqui no blog tem uma série de posts chamada Finalmente Eu Li, que consiste em falar sobre livros que a leitura estava empacada ou estava aguardando muito tempo para ler o livro e ter meu exemplar. Agora no blog também vamos falar de séries e filmes que de alguma forma também se encontra nos meios literários, como por exemplo: Livros, Revista, Mangás, Gibis, etc. Essa nova série de posts será chamada Eu Assisti.

E para o primeiro post eu pensei em falar sobre Doctor Who, aproveitando o embalo do episódio de estreia da 9ª temporada que foi ao ar no último sábado, dia 19 de setembro, decidi  não só falar da New Doctor como também da Classic Series. Eu realmente espero que esses novos posts fiquem bons e que vocês gostem! Vamos lá!



Prologue - Mini episódio spin-off do episódio de estreia da 9ª temporada.


The Doctor's Meditation


Dias antes do tão esperado retorno de Doctor Who foi lançado um mini episódio como uma prévia do que ia acontecer, The Doctor's Meditation, o Doctor está meditando em um castelo em Essex (1138), ele está lá há poucas horas e precisa de água decente para sua meditação, ele se junta à alguns moradores da região para buscar um poço, mas será que ele é capaz de ficar  quieto tempo suficiente para realizar sua meditação? Seu amigo Bors percebe que isso não é possível, então decide que eles irão realizar uma festa, e é a partir daí que começa o nosso episódio de estreia.

The Magican's Apprentice começa como um remake de Genesis of the Daleks, incluindo elementos como a Guerra de Mil Anos de Skaro e o primeiro encontro entre o 12º Doctor e o menino Dravos, futuro criador dos Daleks.

A Londres Atual está sofrendo um ataque, todos os aviões estão congelados no ar, Clara e Kate Stewart não conseguem entrar em contato com o Doctor, porém recebem mensagens de alguém próximo a ele, que pode saber como descobrir seu o seu verdadeiro paradeiro.

Colony Sarff, servo de Dravos, também está a procura de Doctor, ele acaba o encontrando em Essex (1138) reunido com Missy e Clara. Assim Prologue, The Doctor's Meditation e The Magican's Apprentice se encontram em uma "mesma linha temporal". Presos em uma nave desconhecida com grande potencial gravitacional, um encontro que tentou ser evitado acontece. E se eles se não se encontram onde realmente acreditam estar? (Deixando dúvidas no ar e tentando não dar mais spoilers.)

Episódio fantástico, emocionante e alucinante, fiquei tão ansiosa que fazia poucos dias que tinha começado a assistir o primeiro arco da Classic Series, eu pulei direto para o Genesis of the Daleks, onde ocorre o primeiro encontro do 4º Doctor com Dravros, recém criador dos Daleks.

Nesse arco o Doctor é enviado à Skaro para impedir a criação dos Daleks. Em meio a Guerra de Mil Anos de Skaro, e na companhia de Sarah Jane e Harry, Doctor busca qualquer lugar habitado, o que encontra é uma mina terrestre que pode acabar com sua vida. Após uma cena de suspense e um brilhante plano de Harry, o Doctor consegue se salvar. No entanto os rapazes são capturados e levados para o bunker dos Kaleds, onde são considerados perigosos e levados a um interrogatório intrigante, enquanto Sarah Jane vai parar no lado dos Thals. Se descobre no decorrer da história que os Daleks foram criados para dar fim a Guerra de Mil anos, mas quando se põe um soldado sociopata assassino sem sentimentos e com características nazistas de purificação surge um dilema e a decisão para esse impasse pode acarretar na destruição da realidade e futuros de diversos mundos.

Prologue The Doctor's Meditation | The Magican's Apprentice | Genesis of the Daleks
   



Nenhum comentário:

Postar um comentário