segunda-feira, 18 de maio de 2015

A Herdeira - A Seleção volume 4

Trinta e cinco pretendentes e uma princesa.
Uma nova seleção começou.

Confira as resenhas de A Seleção - O Príncipe - A Elite - O Guarda - A Escolha - A Rainha.







Depois de esperar quase uma semana para pegar meu livro que chegou lá na casa do Brenno, aqui está uma foto minha fazendo cosplay da princesa Eadlyn.

Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.

O que eu esperava sobre esse livro??? Bom só posso dizer que muitas emoções a família de Maxon e America. Como eles reagiriam há única filha mulher sendo alvo/conquista de uma seleção, assim como o pai foi. Como os irmãos se sentem em relação à irmã? Muitas perguntas estavam rodeando minha cabeça logo quando capa e sinopse foram divulgadas. Agora momentos pós leitura eu posso dizer que estou chocada com esse final. Eu gosto muito do Henri e ele é um fofo, mas estou shippando muito Kile e Eadlyn. E estou desesperada para saber se a Kiera já esta pulicando a continuação. Esse se tornou um dos meus livros favoritos junto com o Príncipe.

A princesa é um personagem muito complexo, eu gostei bastante do seu ponto de vista. Da para notar como realmente somos, quando queremos interagir ou não com alguém. Achei ela uma personagem fascinante. O fato de ela não ter dado atenção à todos os selecionados e ter sido um tanto viúva-negra em dado momento não me convenceu que ela é tão má. Acredito que a princesa viveu tanto tempo reclusa como a herdeira, que não sabe como se relacionar bem com outros adolescentes. Mas isso já está mudando, por mais que ela ache que não.

Confira o vídeo abaixo!


Espero ver novamente um personagem que simplesmente desapareceu no fim da história. Ele era meu personagem favorito, depois de Maxon e Kile. :P

Algumas cenas me lembraram muito a primeira trilogia, mas nada de cópia e sim uma nostalgia boa, uma saudade. Gostaria muito de saber como Eadlyn se sentiria ao saber alguns outros detalhes de como foi a Seleção que uniu seus pais, como por exemplo : "Quem realmente é/foi o General (Aspen) Leger nessa história?"



Nenhum comentário:

Postar um comentário