postagens recentes TOPO

10 de dez de 2013

Série: Minhas 18 Primaveras - Tema 04


Essa é uma série de postagens com fotos, textos ou vídeos que trás 18 temas diferentes em 18 dias.
No final de cada postagem vai ter uma dica com referência ao próximo tema.
Ocorrerá no período de 08 à 25 de dezembro de 2013.

Confira o tema anterior: Um Conto de Natal

TEMA de HOJE: Viajando com Júlio Verne



Júlio Verne é considerado o precursor do gênero de ficção científica, tendo feito predições em seus livros sobre o aparecimento de novos avanços científicos, como os submarinos, máquinas voadoras e viagem à Lua.

A carreira literária de Júlio Verne começou a se destacar quando se associou a Pierre-Jules Hetzel, editor experiente que trabalhava com grandes nomes da época, como Alfred de Brehat, Victor Hugo, George Sand e Erckmann-Chatrian.

A primeira grande novela de sucesso de Júlio Verne em 1862, o relato de viagem à África em balão, intitulado Cinco semanas em um balão. Essa história continha detalhes de coordenadas geográficas, culturas, animais, etc., que os leitores se perguntavam se era ficção ou um relato verídico. Na verdade, Júlio Verne nunca havia estado em um balão ou viajado à África. Toda a informação sobre a história veio de sua imaginação e capacidade de pesquisa.

O sucesso de Cinco semanas em um balão lhe rendeu fama e dinheiro. Sua produção literária seguia em ritmo acelerado. Quase todos os anos eram publicados novos livros de Júlio Verne, quase todos grandes sucessos, entre eles se encontram: Viagem ao Centro da Terra (1864), Vinte Mil Léguas Submarinas (1870) e A Volta ao Mundo em Oitenta Dias (1873).



Um dos seus livros foi Paris no século XX. Escrito em 1863, somente publicado em 1989, quando o manuscrito foi encontrado pelo bisneto de Verne. Livro de conteúdo depressivo, foi rejeitado por Hetzel, que recomendou Verne a não publicá-lo na época, por fugir à fórmula de sucesso dos livros já escritos, que falavam de aventuras extraordinárias. Verne seguiu seu conselho e guardou o manuscrito em um cofre, só sendo encontrado mais de um século depois.

O seu último livro publicado foi O senhor do mundo, no ano de 1904.


Até hoje Júlio Verne é o escritor cuja obra foi mais traduzida em toda a história, com traduções em 148 línguas, segundo estatísticas da UNESCO, tendo escrito mais de 100 livros.

Assinatura de Julio Verne
Amanhã teremos o quinto tema da série. Para mostrar que sonhar pode nos levar a viver aventuras maravilhosas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário