sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Projeto de lei aprovado pelo Senado legaliza casamento entre leitores e personagens Literários


Foi aprovado nesta sexta-feira (13) pelo Senado Federal, o Projeto de Lei n. 42/11 proposto pelo Senador Douglas Noël (PG) que legaliza o casamento entre leitores e personagens literários fictícios. Em entrevista para a redação o Senador declarou que a aprovação do projeto é uma vitória aos amantes da literatura, justificando que “o casamento deve ser baseado no amor incondicional, e o casamento é apenas uma forma de tornar público e reconhecido pela sociedade os laços emocionais que unem aqueles que se amam”.
A aprovação foi comemorada por leitores em todo o país. Carla Rafaela, 19, leitora compulsiva declarou estar muito feliz, e que finalmente terá a possibilidade de realizar seu sonho: “Não me interessa se o Jon Snow não existe, eu quero me casar com ele, eu o amo”, explicou.  Além do personagem, Jon Snow, de As Crônicas de Gelo e Fogo, lideram a lista de pretendentes entre as leitoras: Harry Potter, da saga que leva seu nome; Christian Grey, de Cinquenta Tons de Cinza; Peeta Mellark, Jogos Vorazes; Augustus Waters, A culpa é das estrelas.
O mesmo personagem poderá ser casado com vários leitores, no entanto, caberá ao seu autor autorizar o casamento.  Alguns autores que aceitaram conversar com nossa redação, disseram que darão autorização coletiva a todos os fãs, enquanto outros, como é o caso da J. K. Rowling e George R. R. Martin, que ainda não sabem como lidar com tal inovação legal, mas, provavelmente, apenas darão sua benção aos fãs mais dedicados.
A lei ainda precisa ser sancionada pela presidente para entrar em vigor.

Fonte: Um Livro Qualquer

Nenhum comentário:

Postar um comentário